Apoios Comunitários

MONTEBELO VISTA ALEGRE ÍLHAVO HOTEL

Código de Projeto: POCI-01-0249-FEDER-024294
Apoio no âmbito do sistema de incentivos 
Ampliação do Montebelo Vista Alegre Ílhavo Hotel

Investimento total: 13.202.338 €
Apoio financeiro da EU: 5.941.052,10€
Apoio financeiro público nacional: 0 €
Localização do projeto: Ílhavo

Síntese do projeto:
Após a abertura em 2015 do Montebelo Vista Alegre Ílhavo Hotel, o projeto que a promotora pretende agora implementar, vem aumentar a capacidade desta unidade dirigindo-a para outros públicos-alvo, que juntando-se àquela de que os ETMB são detentores, lhe asseguram uma posição de liderança no mercado regional.
Para tal a VAA-ET vai recorrer a novos serviços e pacotes, apostando ainda na criação de emprego qualificado, com investimento fixado no aumento de capacidades e que levarão à diferenciação de serviços, alargando a sua cadeia de valor.
O presente projeto tem assim em vista a recuperação e revitalização do Antigo Bairro Operário da Vista Alegre, com o intuito de atrair novos públicos alvo e dinamizar o Lugar da Vista Alegre, preservando a história e património do local.

 

MONTEBELO AGUEIRA LAKE RESORT & SPA

Código de Projecto: POCI-01-0249-FEDER-039568
Apoio no âmbito do sistema de incentivos 
Ampliação do Montebelo Aguieira Lake Resort & Spa  - Olympic Sports Lodge

Investimento total: 5.544.936,44 €
Apoio financeiro da EU: 2.772.468,50€
Apoio financeiro público nacional: 0 €
Localização do projeto: Mortágua

Síntese do projeto:  
Este projeto traduz-se no aumento da capacidade de alojamento do Aldeamento Turístico atualmente existente na Aguieira, assentando na construção de novas unidades de alojamento diferenciadoras, com enfoque na aposta pela diminuição da sazonalidade que se regista na região (3 a 4 meses de época alta onde os restantes pouca taxa de ocupação alcançam).
O foco desta unidade hoteleira passará assim a assentar na especialização da oferta de forma inovadora e diversificada, quando comparada com a concorrência, integrando a vivência de novas e enriquecedoras experiencias, visando um público alvo mais desportista – com gosto quer pelos desportos de montanha, quer por desporto aquáticos que a barragem da Aguieira pode disponibilizar – assegurando deste modo a ocupação na chamada época baixa.